Você está visualizando atualmente CMBH já homenageou empresa denunciada por fraude milionária

CMBH já homenageou empresa denunciada por fraude milionária

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Blog
Gostou? Compartilhe:

Denunciada pelo Ministério Público por suposta fraude em contratos com a Prefeitura de Belo Horizonte, a Net Service foi agraciada com Honra ao Mérito pela Câmara dos Deputados em 2016. Na ocasião, o ex-vereador Pablo César, o “Pablito”, elogiou o empresário José Moreira de Araújo Neto, presidente do grupo, pela honestidade e dedicação.

Em sua justificativa, Pablito destacou a atuação de Moreira de Araújo. Segundo o MP, o empresário contribuiu significativamente “com o trabalho e a determinação de desenvolver o setor de informática e gerar empregos no estado”. Na ocasião, o ex-conselheiro também destacou a visão empresarial do premiado em investir no mercado de TI em Belo Horizonte.

Na semana passada, Ministério Público do Estado indiciou a NetService e quatro ex-vereadores por suposta fraude em contratos de prefeituras. De acordo com a ação, os então deputados usaram um contrato com um grupo de serviços de tecnologia para designar funcionários de seus escritórios para fornecer serviços de TI à Câmara.

Segundo a denúncia, enviada ao tribunal na semana passada, os trabalhadores nomeados pelos ex-deputados não tinham formação em informática. Com esse esquema, suspeita-se que o ex-conselheiro e a empresa teriam causado um prejuízo de R$ 1,4 milhão ao erário público.

Segundo a autarquia, o contrato com a Netservice foi assinado em 2013 para “prestação de serviços integrados de suporte informático”. Atualmente, o grupo não presta mais serviços à Câmara dos Deputados.

O CMBH informou em nota que não foi informado sobre a ação e, caso seja acionado no curso dela, defenderá o interesse público.

Procurado, o ex-vereador Pablito disse desconhecer a denúncia do Ministério Público e disse que a homenagem ao empresário, CEO da NetSevice, se deve ao fato de o grupo ter sede em Belo Horizonte. “Naquela época, a empresa contava com mais de 600 funcionários”, destacou o ex-deputado.

Em nota, a NetService por sua vez afirmou que “não pode ser responsabilizado por quaisquer atos envolvendo instituições contratantes terceiras, uma vez que apenas cumpriu com os termos contratuais”.

Precisa de soluções tributárias? Conheça nossos serviços. Acompanhe também nosso trabalho nas redes sociais e não perca nenhuma novidade!

Você é um profissional liberal e deseja dar uma turbinada na sua carreira? Não deixe escapar a oportunidade! Seja nosso consultor tributário! A nossa META é ter você!


Gostou? Compartilhe: