Você está visualizando atualmente Créditos tributários de PIS/Cofins, ICMS-ST e Reforma Tributária

Créditos tributários de PIS/Cofins, ICMS-ST e Reforma Tributária

Gostou? Compartilhe:

A 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu de forma unânime que os contribuintes têm o direito de utilizar créditos de PIS/Cofins sobre os valores pagos a título de ICMS-ST na etapa anterior. Eles rejeitaram o recurso da Fazenda Nacional contra a decisão da ministra Regina Helena Costa, que havia permitido o aproveitamento dos créditos. O processo em questão foi o 2.089.686/RS (AgInt).

A ministra argumentou que o creditamento deve ser permitido para o contribuinte que é responsável pelo ICMS-ST, pois ele adquire as mercadorias com o custo do tributo recolhido na etapa anterior. O tributo pago antecipadamente pelo substituto é transferido para o substituído quando ele compra o produto, mas este último não pode gerar créditos quando vende a mercadoria, tornando o imposto estadual irrecuperável na escrita fiscal.

Dessa forma, o STJ busca corrigir uma das tantas contradições existentes no atual modelo tributário brasileiro, em que os contribuintes muitas vezes pagam impostos duplicados devido à mecânica do sistema.

Você, contribuinte, sabia dessa novidade? E os demais benefícios tributários que você pode alcançar para o seu negócio? Você tem conhecimento de quais deles?

Com a nossa equipe especializada em planejamento e gestão tributários você não apenas poderá ficar despreocupado com suas obrigações fiscais, como também poderá turbinar o seu negócio, reduzindo os seus custos e aumentando a sua margem de lucro, fazendo com que sua empresa se torne mais competitiva.

Além disso, você poderá se antecipar às enormes alterações que virão com a Reforma Tributária. O sistema seguinte será completamente novo e o período de transição será extenso e complexo.

Sendo assim, nada melhor do que se antecipar às mudanças e deixar quem possui experiência de mais de três décadas cuidar da “saúde fiscal” do seu negócio. Entre em contato conosco agora mesmo e fique tranquilo quanto às suas obrigações junto ao fisco.

Túlio Lemos Vieira


Gostou? Compartilhe: