Você está visualizando atualmente Planejamento Tributário para 2022: você já fez o seu?

Planejamento Tributário para 2022: você já fez o seu?

Gostou? Compartilhe:

Empresas devem fazer suas projeções tributárias 2022, considerando o momento de seu negócio.

Sempre recomendamos aos nossos clientes com antecedência que façam o planejamento para o ano fiscal seguinte, e a realização de um planejamento tributário com a opção pelo regime tributário que proporcione a carga tributária mais adequada à realidade da empresa, pagando assim menores valores de tributos.

Contudo, para 2022 as empresas devem enfrentar um grande impasse em função da falta de definição relacionada à Reforma Tributária, que está em debate e trará sérias alterações que farão com que muitas das decisões em relação ao tema precisem ser muito bem pensadas.

É muito complexo para o empresário tomar qualquer decisão no cenário incerto que estamos atravessando, pois o debate ainda está muito aberto e não se tem clareza sobre os rumos que serão tomados e quando poderá começar a ter vigência as definições de uma possível reforma tributária.

Por que fazer um planejamento tributário? No cenário no qual os empresários já se colocam na defensiva com uma possível crise e até mesmo recessão, é fundamental buscar reduções de custos.

Quais os principais tipos de tributação?

São três os principais tipos de tributação: Simples Presumido ou Real. Faça a opção pelo tipo de tributação que a empresa utilizará no próximo ano fiscal ela poderá ser feita até o início do próximo ano, mas, as análises devem ser realizadas com antecedência para que se tenha certeza da opção, diminuindo as chances de erros.

Cada caso deve ser analisado individualmente, evidenciando que não existe um modelo exato para a realização de um planejamento. Apesar de muitos pensarem que melhor tipo de tributação é o Simples, existem até mesmo casos que esse tipo de tributação não é o mais interessante, mesmo que a companhia se enquadre em todas as especificações.

Como se faz um planejamento tributário?

De forma simplificada, num planejamento tributário se faz a análise e aplicação de um conjunto de ações, referentes aos negócios, atos jurídicos ou situações materiais que representam numa carga tributária menor e, portanto, resultado econômico maior, normalmente aplicada por pessoa jurídica, visando reduzir a carga tributária.

Alguns cuidados são fundamentais para que não se confunda elisão fiscal (Planejamento Tributário) com evasão ilícita (sonegação), pois neste último caso o resultado da redução da carga tributária advém da prática de ato ilícito punível na forma da lei.

Você pode contar com a Experiência de 4 décadas de Juvenil Alves Tributaristas para te orientar através do WhatsApp ou e-mail [email protected]

Leia também: ; Dívida Ativa, saiba como proceder ; A reforma tributária é favorável para os contribuintes? ; Planejamento Tributário, garanta o seu sucesso! ; Dívida Tributária, pare de adiar a sua gestão jurídica! ; COVID-19 e a gestão tributária eficiente


Gostou? Compartilhe: