Você está visualizando atualmente Quanto ganha um corretor iniciante?

Quanto ganha um corretor iniciante?

Gostou? Compartilhe:

A profissão de corretor imobiliário está se tornando cada vez mais comum. Com a volta do crescimento do mercado imobiliário, a imagem do corretor imobiliário se tornou um elemento fundamental nesse meio, desempenhando um importante papel para concretizar as negociações de imóveis.

Qual é o salário de um corretor?

Independente de ser autônomo ou ter a carteira assinada, o que condiciona a renda do corretor de imóveis são as comissões dos negócios que ele fechar. Isso significa que não é possível determinar um valor fixo para o salário desse profissional. Os ganhos irão depender da quantidade de vendas que conseguir realizar.

Corretores iniciantes costumam ter uma receita menor, pois leva algum tempo para criar uma base de clientes e ganhar reconhecimento no mercado.

Como funcionam as comissões?

A comissão pode variar de acordo com o tipo de imóvel negociado. O CRECI delimita que a remuneração paga ao corretor deve ser de 6% do valor da transação. Contudo, isso depende se o imóvel está sendo alugado ou vendido.

corretor

Comissão de vendas

No caso, a comissão varia entre 6% e 8% se os imóveis estiverem em áreas urbanas ou áreas industriais. O percentual fica entre 6% e 10% se imóvel estiver em área rural e cai para 5% se os imóveis forem de ação judicial.

Outra diferença em relação à comissão diz respeito ao estado do imóvel negociado. Se a venda for de empreendimento imobiliário recente, o valor de comissão pago varia a entre 4% e 6% do valor total do imóvel. Se a propriedade for antiga, a comissão passa a ser fixa de 6%.

Ganhos nas locações

No caso das locações, a comissão costuma ser paga com o valor correspondente a um aluguel. Geralmente, o valor pago no primeiro mês pertence ao corretor. Se a locação for temporária, a comissão pode ser paga no valor de até 30% da quantia recebida pelo locador.

Rendimentos de administração

As comissões são aplicadas também para quem administra ou gerencia os imóveis. O valor varia entre 8 e 10% sobre o aluguel e taxas recebidas pelo locador. Essa quantia não pode ser menor que R$50,00. Se a cartela imobiliária do cliente ultrapassar R$100 mil por mês comprovados, o valor da comissão varia entre 5% a 10%. Já para corretores ou imobiliárias que administram condomínios, o valor da comissão está estipulado entre 5% e 10% sobre o valor arrecadado por mês.

Como funciona o trabalho com carteira assinada?

Uma dúvida para quem está começando a exercer a profissão é em relação a ser autônomo, ter carteira assinada ou vínculo com alguma imobiliária. A profissão do corretor de imóveis, a princípio, é classificada como uma atividade autônoma.

corretor imobiliário

Legislação Trabalhista

Segundo a CLT, é um exercício que não possui salário fixo, Porém, existem casos raros, em que um corretor pode ter um vínculo empregatício com alguma imobiliária, recebendo salário fixo e comissão estipulada pela empresa. Mesmo que o vínculo empregatício seja determinado pela CLT, a comissão deve acompanhar a tabela determinada pelo CRECI e não pode ultrapassar os valores estipulados pelo órgão.

Parcerias com imobiliárias

É comum que corretores trabalhem de forma individual ou em parceria com uma ou mais imobiliárias. O importante é deixar claro que trabalhando em parceria com imobiliária, a comissão de 6% é paga e dividida entre um possível corretor, gerente e até outro corretor que possa ter atuado no contrato. Então uma comissão de 6% pode chegar a virar 2%, 1,43% ou até 1%.

Como o corretor pode aumentar seus ganhos?

A primeira ideia é aumentar o seu catálogo de imóveis. Isso exige que o profissional esteja sempre buscando novas oportunidades de captar mais imóveis. Um catálogo diversificado é fundamental para atrair novos clientes e ter opções para aqueles que procuram imóveis.

Outra possibilidade é selecionar as propriedades que possuem valor mais elevado. Apesar de serem um pouco mais complicadas para vender, a comissão do negócio é bem maior. Isso garante mais estabilidade entre uma venda e outra.

corretor de imóveis

A próxima dica é investir na fidelização dos clientes. É super importante que você invista em estratégias de captação e fidelização de clientes. Um dos aspectos mais importantes aqui é com relação à qualidade do serviço prestado.

Não se esqueça de fazer um planejamento financeiro. Mesmo com a possibilidade de ter ganhos elevados, o mercado nem sempre garante a estabilidade que o profissional precisa.

Por fim, tente construir uma rede de contatos que tenha afinidade com seu modelo de negócio. Um bom networking é fundamental para fechar ótimas parcerias.

Fonte: Imóvel Web

Você é corretor de imóveis e quer ganhar dinheiro na Área Tributária?  Seja nosso associado! A nossa META é ter você! 

Precisa de soluções tributárias? Conheça nossos serviços. Acompanhe também nosso trabalho nas redes sociais e não perca nenhuma novidade!


Gostou? Compartilhe: