Você está visualizando atualmente SEGURO DO TRÂNSITO (DPVAT)

SEGURO DO TRÂNSITO (DPVAT)

Gostou? Compartilhe:

Não sabe como funciona o seguro do trânsito (DPVAT)? O BLOG O ASSUNTO TRIBUTÁRIO e EQUIPE JUVENIL ALVES ADVOGADOS lhe explica.

DESCRIÇÃO:

O Seguro do Trânsito – Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), é cobrado anualmente junto à primeira parcela ou cota única do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Os proprietários de veículos automotores só receberão o Certificado de Registro e Licenciamento de veículos (CRLV) do ano corrente estando o Seguro do Trânsito do ano atual e anterior quitados.

Atualmente, o Seguro DPVAT é administrado pela Caixa Econômica Federal e tem a finalidade de amparar as vítimas de acidentes de trânsito em todo o território nacional, não importando de quem seja a culpa do acidente. Qualquer vítima de acidente de trânsito envolvendo veículo automotor, incluindo motoristas, passageiros e pedestres, ou seus beneficiários, podem solicitar a indenização do DPVAT. As indenizações são pagas individualmente, não importando quantas vítimas o acidente tenha causado. O pagamento independe também da apuração de culpados. Além disso, mesmo que o veículo não possa ser identificado, as vítimas ou seus beneficiários têm direito à cobertura.

O Seguro referente ao ano 2022 não será cobrado. 

LEGISLAÇÃO:
ORIENTAÇÕES:
  1. Para emitir o boleto para pagamento do Seguro DPVAT, preencha o formulário eletrônico abaixo;
  2. Selecione o re-captcha “Não sou um robô”;
  3. Clique em “Emitir Guia”.
  4. Efetue o pagamento na rede bancária credenciada.
    Acesse -> Bancos credenciados 
OUTRAS INFORMAÇÕES:

Continua com dúvidas? Entre em contato com nossa equipe de tributaristas pelo WhatsApp, estamos prontos para lhe atender!

Cadastre-se no nosso blog e esteja sempre atualizado com nossas publicações!

Leia também: Dívida Tributária é caso de prisão? Dívida Ativa, saiba como proceder A reforma tributária é favorável para os contribuintes? Planejamento Tributário, garanta o seu sucesso! Dívida Tributária, pare de adiar a sua gestão jurídica! ; COVID-19 e a gestão tributária eficiente;


Gostou? Compartilhe: