Você está visualizando atualmente Subdivisões do Mercado Financeiro

Subdivisões do Mercado Financeiro

Gostou? Compartilhe:

O Mercado Financeiro é composto por 4 subdivisões. Conheça elas neste post.

Mercado de Capitais

O Mercado de Capitais é o espaço onde os valores mobiliários são negociados. Esse é o mercado mais próximo dos investidores e funciona como uma oportunidade de captar recursos. Nele são negociados títulos de ações e derivados em bolsa de valores, sociedades corretas e outras instituições financeiras.  A CVM é o principal órgão fiscalizador do Mercado de Capitais.

Mercado de Crédito

No Mercado de Crédito são realizadas operações de créditos, financiamentos e tomadas de recursos para capital de giro ou até mesmo consumo. O Banco Central é umas instituições principais que regulamenta esse mercado, ditando os juros básicos da economia, através de uma Política Monetária.

Mercado de Câmbio

O Mercado de Câmbio é muito presente em viagens internacionais, pois ao viajar para o exterior é necessário converter o real na moeda local daquele país, essa tarefa é desempenhada pelo mercado de câmbio que possibilita o recebimento de pagamentos e transferências no exterior, por meio de cartões de crédito internacionais, por exemplo.

Mercado Monetário

O Mercado Monetário regula a quantidade de dinheiro em circulação e realiza financiamentos de curto ou curtíssimo prazo, além de negociar títulos do Tesouro, papéis comerciais e certificados de depósito.

Os principais investimentos do Mercado Financeiro são os de renda fixa e renda variável.

Os investimentos de renda fixa funcionam por meio de uma base de projeção, ou seja, antes da aplicação, é possível fazer um cálculo do retorno financeiro possibilitado pelo investimento. Poupança, Certificado de Depósito Bancário e Letras de Crédito Imobiliário, Letras de Crédito do Agronegócio, debêntures e Tesouro Direto são exemplos dos principais sistemas que têm como base de investimentos a renda fixa.

Embora os investimentos de renda fixa possibilite, na maioria dos casos, retornos mais elevados, existe outro tipo de investimento que apresenta mais riscos. A renda variável, ao contrário da fixa, não faz uma estimativa precisa de quanto será o retorno financeiro, podendo ser elevado ou não. Tudo depende exclusivamente dos fatores existentes na operação, no mercado financeiro em si, na política do país etc. Investimentos em ações e derivados da bolsa são exemplos de operações que utilizam de investimentos de renda variável.

Caso necessite de alguma ajuda para resolver problemas na Receita Federal ou ainda possua alguma dúvida, acione nossa equipe pelo WhatsApp, estamos prontos para lhe atender.

Cadastre-se no nosso blog e esteja sempre atualizado com nossas publicações!


Gostou? Compartilhe: