Você está visualizando atualmente Análise do Mercado Cambial: destaques e tendências em novembro”

Análise do Mercado Cambial: destaques e tendências em novembro”

Gostou? Compartilhe:

Durante o mês de novembro, o mercado cambial testemunhou um aumento expressivo de 20% no volume de transações em dólares americanos em comparação ao mês anterior, marcando a alta temporada do turismo. Segundo a Travelex Confidence, especialista líder em câmbio global, o dólar manteve sua supremacia pelo sexto mês consecutivo, liderando o ranking das cinco principais moedas operadas pela corretora.

Conforme apontado pela pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o setor turístico projeta movimentar um total de R$ 155,87 bilhões entre novembro deste ano e fevereiro de 2024. Embora a busca pelo dólar norte-americano tenha crescido nos últimos meses, ainda não alcançou os níveis de 2022. Contudo, as perspectivas continuam favoráveis para os próximos meses, com a previsão de manutenção do dólar em destaque, impulsionando um grande volume de transações no Brasil durante essa alta temporada. Jorge Arbex, Diretor do Grupo Travelex Confidence, avalia positivamente esse cenário.

Enquanto o dólar mantém sua liderança, o euro diverge ao apresentar queda em relação ao mês anterior. Classificado como a segunda moeda mais negociada, a unidade monetária oficial da União Europeia registrou uma redução de 20% no volume de transações em comparação a outubro.

O ranking das cinco principais moedas transacionadas pela Travelex Confidence em novembro é completado pela libra esterlina (GBP) em terceiro lugar, seguida pelo dólar canadense (CAD) e pelo dólar australiano (AUD) em quarto e quinto lugares, respectivamente. A moeda australiana voltou a figurar entre as cinco principais transacionadas mensalmente, retomando seu lugar após o iene (JPY) ocupar a quinta posição entre julho e outubro.

Confira o ranking de venda de moedas em novembro e suas variações em relação a novembro de 2022:

  • Dólar (USD): 20%
  • Euro (EUR): -20%
  • Libra Esterlina (GBP): -12%
  • Dólar Canadense (CAD): 3%
  • Dólar Australiano (AUD): 4%

Gostou da matéria? Não deixe acompanhar nosso blog diariamente. Caso tenha dúvidas ou queira tratar desse ou outros assuntos jurídicos, entre em contato com a nossa equipe.


Gostou? Compartilhe: